No início da década de 1950, James McDonald, um físico da Universidade do Arizona, mudou o curso da investigação sobre óvnis. Por mais de 20 anos ele examinou relatos de óvnis com muito cuidado, investigando mais de 500 testemunhos, revelando documentos governamentais, e chegando inclusive a testemunhar diante do Congresso americano em 1968. Ele realizou um estudo científico deste fenômeno que surpreendeu aos mais cépticos. Após sua trágica morte em 1971, seus arquivos foram parar nos arquivos da universidade, onde ficaram adormecidos até hoje. A equipe de Caçadores de Óvnis foi em busca destes documentos para apresentá-los pela primeira vez na televisão.